Qual a Norma para limpeza de caixa d’água?

Qual a Norma para limpeza de caixa d’água?

Aqui no Brasil, nós encontramos diferentes regulamentos e também normas para limpeza de caixa d’água.

Muitas delas estão relacionadas a estruturas de locais específicos, como é o caso de escolas ou de serviços de saúde, por exemplo.

Aqui neste conteúdo, vamos trazer algumas das normas e regulamentos mais importantes para você fazer a limpeza da caixa d’água da maneira correta. Acompanhe!

Regulamentos e normas para limpeza de caixa d’água

Duas das principais normas para limpeza de caixa d’água no Brasil são a NR33 e a NR35.

Essas normas regulamentadoras ajudam na proteção da saúde e também na vida de profissionais que fazem esses trabalhos com riscos.

A norma NR 33, por exemplo, fala sobre a realização de trabalhos confinados e que devem ser feitos pelo profissional treinado para evitar acidentes.

Desse modo, é necessário que o mesmo seja qualificado e certificado para este tipo de atividade.

Já a NR35 fala sobre o trabalho feito em alta, no qual o profissional também precisa de um treinamento bastante específico e deve utilizar equipamentos de proteção individual e de segurança, bem como o número de profissionais para fazer a atividade.

Já a RDC da ANVISA fala sobre as boas práticas para que serviços de saúde funcionem, incluindo a limpeza de caixas d’água.

No artigo 39, ela diz que o serviço de saúde precisa garantir com clareza como os reservatórios de água devem ser limpos e a periodicidade de 6 meses.

É necessário também manter um registro da limpeza de forma periódica desses reservatórios de água, garantindo assim a qualidade da água para que a unidade hospitalar funcione.

Dispondo sobre os procedimentos de limpeza e segurança em caixas d’água

Todas essas normas e regulamentos dispõem de maneira detalhada sobre quais são os procedimentos mais adequados para se limpar as caixas d ‘água.

O processo precisa ser feito por uma empresa ou profissional capacitado, para que não traga problemas posteriormente.

Etapas como esvaziamento do reservatório, a remoção dos resíduos no fundo, a desinfecção da estrutura e o seu enxágue são essenciais para que a mesma fique limpa.

Mais do que isso, deve-se também realizar a recarga no momento adequado após todas as outras etapas para evitar a contaminação da água.

Os equipamentos de segurança também precisam ser utilizados por qualquer profissional para evitar riscos à saúde e à vida, como vimos nas NR 33 e 35.

Como são muitas legislações, inclusive municipais e estaduais, é essencial que se conheça bem a respeito daquelas em sua cidade e para o tipo de instituição, como escola ou hospital, para que as siga e evite-se problemas legislativos.

Conclusão

Como você pode ver aqui, existem várias legislações, regulamentos e normas para limpeza de caixa d’água, dependendo de fatores como instituição e mesmo do local onde a estrutura se encontra, como hospitais e escolas. 

Neste texto, nós mostramos um pouco a respeito de como funcionam essas legislações e também sobre a importância de que a limpeza seja feita na ordem correta e as normas de segurança dos profissionais sempre seguidas.

O que achou do conteúdo de hoje sobre qual a norma para limpeza de caixa d’água?

SOLICITE SEU ORÇAMENTO

 VIA WHATSAPP

Compartilhe esta postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *