Entendendo as Normas Sanitárias sobre a higienização e Limpeza de Caixas d’Água Torres

Entendendo as Normas Sanitárias sobre a higienização e Limpeza de Caixas d’Água Torres

A higienização e limpeza de caixas d’água torre são processos de extrema importância para garantir que essas estruturas não contaminarão a água e não trarão possíveis problemas à saúde das pessoas.

Essas normas existem para que sejam feitas as limpezas e a higienização em caixas d’água de diferentes locais, como em condomínios, empresas, hospitais, escolas, entre outros.

Neste conteúdo, nós iremos falar mais sobre o tema. Acompanhe!

Normas sanitárias para a higienização e a limpeza de caixas d’agua torres

Aqui no Brasil, existem várias normas sanitárias que falam sobre a higienização e limpeza de caixas d’água torres, como aquelas exclusivas para hospitais e outras direcionadas para condomínios e outros estabelecimentos.

É o caso da lei 10.540 de 2002, que especifica como obrigatória a limpeza de forma periódica das caixas d’águas em condomínios e em diferentes estabelecimentos.

Por exemplo, é necessário limpar e higienizar os reservatórios em condomínios, em hospitais, em farmácias, em escolas, em bares e outros, conforme essa lei.

Esses locais precisam fazer essa higienização e limpeza de caixas d’água torres dentro do período de seis em seis meses, para garantir assim que as estruturas estarão totalmente limpas e sem riscos de contaminação da água.

Já a RDC nº 63, de 2011, o artigo 39 exige que os hospitais garantam a limpeza das caixas d’água também neste prazo de seis meses, de forma periódica.

Desta forma, é possível garantir que a qualidade da água será mantida para as unidades a utilizarem nas ações e processos do dia a dia, sem riscos aos pacientes.

Por que a higienização e limpeza de caixas d’água são tão importantes?

As legislações e normas sanitárias que obrigam a higienização e limpeza de caixas d’água torres têm como objetivo manter a qualidade da água que fica armazenada nesses reservatórios.

Com isso, evita-se que as pessoas acabem ingerindo ou tendo contato com água contaminada, o que ocorre quando não se faz a correta limpeza do local onde ela está armazenada.

A falta de limpeza e de higienização da caixa d’água deixa esses reservatórios mais propensos a transmitir doenças através da água, como leptospirose e cólera.

No caso de estabelecimentos como hospitais, nos quais as pessoas já estão com a saúde debilitada, ou em ambientes comerciais de alimentação, nos quais os clientes podem acabar consumindo essa água, os riscos são ainda maiores.

Isso ajuda a explicar o porquê de ser tão importante ter essas normas sanitárias que obrigam a limpeza e higienização periódica dos reservatórios.

Conclusão

Como você viu aqui, limpar e higienizar caixas d’água não só é muito importante, como também obrigatório aqui no Brasil graças a várias normas sanitárias.

Neste texto, mostramos para você como é que funcionam essas normas, bem como a importância delas para que os reservatórios se mantenham sempre limpos.

O que achou do conteúdo de hoje sobre entendendo as normas sanitárias sobre a higienização e limpeza de caixas d’água torres?

Precisando de ajuda? Clique aqui para falar agora com um especialista!

SOLICITE SEU ORÇAMENTO

 VIA WHATSAPP

Compartilhe esta postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *